27 abril 2018

Resenha Nacional: O Amor nos tempos do Ouro - Marina Carvalho

Autor: Marina Carvalho
Páginas: 328
Ano: 2016
Editora: Globo Alt
Gênero: Romance de época
Onde Comprar: Amazon 
Nota: 5/5 ❤
Sinopse
Cécile Lavigne é uma franco-portuguesa que veio ao Brasil consolidar um casamento arranjado com um aristocrata de Minas Gerais, dono de terras e de escravos, bem mais velho do que ela, e por quem ela sente profundo desprezo. Enquanto lida com o turbilhão de sentimentos que a desequilibra, Cécile viverá diversas provações nessa nova terra que será sua casa, e talvez se entregue a um grande amor.
 Li esse romance há séculos, bem no comecinho do ano de 2017 e ainda não tinha feito resenha dele. Não sei você, mas eu quando leio um livro bom demais tenho dificuldade de fazer uma resenha que transmita um terço do que senti na leitura.
Gente que livro! Simplesmente maravilhoso!
Esse romance é ambientado aqui no Brasil, mais especificamente em Minas Gerais, no auge da exploração do ouro, no século 18. Isso me encantou logo de cara, porque eu amo histórias de época que se passam no nosso país.
Nós saímos um pouco do cenário da alta sociedade de Londres, com lords e ladys, para adentrar em um cenário completamente diferente, lindo, porém inóspito e perigoso.  Conhecemos um pedacinho do Brasil e os costumes da época.
A personagem principal é a Cécile, uma franco-portuguesa, bem nascida, culta e delicada. Ela perdeu os pais e se viu nas garras de um tio inescrupuloso, que deveria protegê-la, mas ele é um salafrário em busca de riquezas.
O tio acaba obrigando ela se casar com um dos mais ricos exploradores do ouro em Minas Gerais.  Um homem tão inescrupuloso quanto o tio dela, além de ter mais que o dobro da idade de Cécile. 
Fernão, um homem que já estava acostumado em transportar mercadorias para a região de Minas Gerais é contratado para levar Cecile até seu noivo.
E para se casar, mesmo contra a vontade dela, tinha que viajar do Rio de Janeiro para Minas Gerais.  Uma viagem muito perigosa que durava aproximadamente 30 dias, além disso os meios de transportes eram os lombos dos animais, pois tinham trechos tão perigosos e inviáveis para o uso de carruagens.
Cécile passa por maus bocados, enfrentando essa jornada, que por si só já é cansativa e extenuante. Além de todos os perigos e desafios que enfrenta no caminho, para fazer algo que nem mesmo quer.
Fernão é um homem rústico e, com certeza, estranha o fato de uma moça tão delicada e fina como Cécile querer viajar sem o menor conforto, sujeita a todos os tipos de males, apenas para se casar com um homem rico.
Ele a principio a julga uma caça dotes desavergonhada, mas conforme a viagem vai se sucedendo, os perigos que tem que enfrentar e a convivência, ele vai se desfazendo da primeira impressão sobre ela e enxergando uma garota muito forte apesar de toda a aparência delicada.
Quando ele percebe que ela não quer se casar com o crápula, ao qual está prometida, Fernão se sente mais obrigado a protegê-la, a final conhecia o homem e ele não era flor que se cheirasse.
Cécile apesar de achar Fernão um homem rustico, xucro e simples, acaba tenho uma quedinha por ele durante a viagem, principalmente em um momento em que ela o flagra tomando banho no rio e também quando ele a salva de um iminente estupro.
Claro que vai surgir uma paixão entre eles, como essas  que adoramos encontrar nos romances de época que lemos.  Apesar de ser completamente diferente dos romances que estamos habituadas, esse livro tem muita paixão, sensualidade e a gente se vê apaixonada pelos protagonistas .
Após acompanhar Fernão e Cécile em toda essa aventura, fiquei meio apreensiva sem saber o que ia acontecer com ela quando ele a entregasse ao noivo. Afinal Fernão tinha que voltar à sua vida, a partir do momento que ele entregasse ela nas mãos do noivo sua obrigação acabaria. Por causa dessa minha angústia em saber se eles conseguiriam ficar juntos, acabei lendo o livro em praticamente uma noite.
A autora, Marina Carvalho, nos dá um banho de história com esse livro maravilhoso e muito bem escrito. É impossível não se apaixonar pela sua escrita e pela forma que representou o Brasil nesse livro.
Li “O amor nos tempos do ouro” quando viajei para Minas, então foi uma experiência maravilhosa, porque pude me imaginar dento da história, ver as paisagens, os casarões antigos e sentir que Fernão e Cecile passaram por lá ( ainda que não seja verdade).  Ao conhecer os lugares históricos e estar em contato com a cultura eu pude comprovar muitas das coisas que a autora disse no livro, e isso para mim foi sensacional.
Recomendo demais esse livro para todos que gostam de romance de época e históricos, pois ele vai além das narrativas de época que estamos acostumadas, tem muito conteúdo histórico e é uma delicia de leitura.
A linguagem que a autora optou por utilizar também é muito boa, fluida e ainda assim com bastantes termos da época. Contudo, sem deixar de ser leve e de fácil compreensão.
Já estou louca para ler a próxima história “A história de Malikah”.


Adquira o seu

Nenhum comentário:

Postar um comentário