Image Map

10 de jun. de 2021

Lançamentos mais aguardados


OS MELHORES ROMANCES JUNHO 2021


Formato Físico e Digital

25 de mai. de 2021

𝐔𝐦 𝐩𝐫𝐨𝐣𝐞𝐭𝐨 𝐝𝐞 𝐥𝐞𝐢𝐭𝐮𝐫𝐚| #UmPasseioAtravesDosSeculos



Estive pensando em fazer esse projeto de leitura que envolvesse um passeio pelos romances de época através dos tempos mais remotos, justamente para explorar diferentes contextos no gênero.

A ideia é começar pela antiguidade, ir para a época medieval desde o começo da era até o final explorando diversos tipos de ambientação.

Depois partir para a idade moderna e idade contemporânea que haverá muito mais estilos de romances para explorar (período regencial, período vitoriagno, eduardiano, elizabetano e por aí vai kkkk), pretendo também fazer a leitura de romances ambientados em outros cenários dentro e fora do Reino Unido em diferentes épocas.

O porquê desse projeto

◾Você já deve ter ficado curios@ para conhecer romances de época ambientados em diferentes épocas e contextos, esse projeto irá te proporcionar isso.

◾Nas suas leituras de romance de época vc já deve ter deparado com as seguintes questões e muitas vezes não entendeu os motivos ou raiz dos problemas: rixa entre escoceses e ingleses, diferença entre os períodos/reinados ingleses, questão de mulheres não herdarem título de nobreza, mas poder ser rainhas, o puritanismo dos ingleses e etc. Nesse projeto nós vamos procurar entender junt@s essas questões.

◾ Já deve ter sentido a necessidade de explorar outros cenários além dos Ingleses e escoceses, né?

◾ O bom também é poder trocar ideias sobre as leituras temáticas e satisfazer as curiosidades históricas e literárias junt@s.

Agora estou dividindo os períodos históricos, para começar a nossa caça aos romances e depois vamos trabalhar/ ler mensalmente sobre cada pontinho desses, pode ser que  em algum seja assessório mais de um mês para trabalhar satisfatoriamente.

Fiz essa divisão aqui, quem é entendido de história me ajuda a ver se isso está correto ou se faltou algo.


⏩Antiguidade: 4.000 a. C até 476 (Invasão do Império Romano) 

◾Ler romances sobre a Civilização Egípcia, Grega, Romana, Celtas, Conquista dos Romanos na Britânia, América Era pré-colombiana e outras (Maio e Junho 2021)


Idade Média: 476 a 1453 Europa (século V e XV)

◾Ler romances sobre o Período anglo-saxão (410-660) (Julho 2021)

◾Ler romances sobre a Conquista dos Vikings (793- 1066) (Agosto 2021)

◾Ler romances sobre a Conquista dos Normandos (1066 – 1075) (Setembro 2021)

◾Ler romances sobre as Cruzadas (1096 - 1272) (Outubro 2021)

◾Ler romances sobre a Guerra dos cem anos (1337-1453) (Novembro 2021)


⏩Idade moderna: 1453 a 1789 

◾Ler romances sobre a Guerra das rosas (1455-1487) ( Dezembro 2021)

◾Ler romances sobre a Dinastia Tudor (1485 a 1603) ( Janeiro 2022)

◾Ler romances sobre a  Dinastia Stuart (1371- 1714) (Fevereiro 2022)

◾Ler romances sobre o  Período Elizabetano I (1558-1603) (Março 2022)

◾ Ler romances sobre as Revoluções inglesas/ guerras civis inglesas (1603–1707) ( Abril 2022)

◾Ler romances sobre a  União das coroas inglesas e escocesas ( 1603-1701) (Maio 2022)

◾ Ler romances sobre a dominação da Escócia e formação do Reino Unido (1707 - 2014) ( Junho 2022)

O Reino da Escócia foi um Estado independente desde a sua unificação em 843, até 1707, quando o Tratado de União foi aprovado pelo Parlamento escocês, e levou à formação do unido Reino da Grã-Bretanha.

◾Ler romances sobre a “República” de Oliver Cromwell (1649-1658) (Julho 2022)

◾ Ler romances sobre a colonização inglesa na América e em diversos países (1500 a 1700) (Agosto 2022)

◾ Ler Romances sobre a Independência dos Estados Unidos, em 1776 ( Setembro 2022)

◾Ler Romances sobre o Brasil Colônia (1500-1815) ( Outubro 2022)


⏩Idade contemporânea: 1789 até os dias de hoje. 

◾Ler Romances sobre a Revolução Francesa (1789 e 1799) (Novembro 2022)

◾Ler Romances sobre a Guerras Napoleônicas (1803 – 1815) ( Dezembro 2022)

◾Ler Romances sobre a Revolução Industrial (1760-1840) ( Janeiro 2023)

◾Ler Romances sobre a Período Regencial Inglês (1811 - 1820) (Março 2023)

◾Ler Romances sobre a Independência do Brasil (1821 - 1825) (Abril 2023)

◾Ler Romances sobre a Brasil Império Primeiro reinado (1822-1831) ( Maio 2023)

◾Ler Romances sobre a Brasil Período regencial (1831-1840) ( Junho 2023)

◾Ler Romances sobre a Guerra civil americana (1861 - 1865) (Julho 2023)

◾Ler Romances sobre a Brasil Segundo reinado (1840-1889) ( Agosto 2023)

◾Ler Romances sobre a Belle Époque (1871 -1914) ( Setembro 2023)

◾Ler Romances sobre a Era vitoriana (1837-1901) (Outubro 2023)

◾Ler Romances sobre a Era Eduardiana (1901 -1910) ( Novembro 2023)

◾Ler Romances sobre a Primeira Guerra Mundial ( 1914-1918) (Dezembro 2023)

◾Ler Romances sobre a Grande Depressão - Crise de 1929 (Fevereiro 2024)

◾Ler Romances sobre o período do  Nazifacismo (1919 - 1940) (Março 2024)

◾Ler Romances sobre a Segunda Guerra Mundial ( 1939-1945) (Abril 2024)

◾ Ler Romances sobre a Guerra fria ( 1947 - 1991) ( Maio 2024)

Estamos com um grupo no Telegram para o projeto, solicite o link por direct nos Igs @romancedeepocaevida ou @clubevirtualderomances

Será que existem romances de época ambientados na antiguidade?

Pelo que andei pesquisando existem alguns poucos, mas nunca li nada que se passasse antes do período medieval.

Mas agora em Maio e Junho o foco vai ser a antiguidade clássica Greco-romana e egípcia. Optei por começar por esse período, porque não consigo achar romances de época anteriores a isso, já foi difícil encontrar sobre a antiguidade em língua portuguesa.

Escolhi dois livros com temáticas diferentes para estrear nesse projeto:  " A teia do destino" - Merline Love Lace, ambientado no Antigo Egito antes de Cristo ( adoro filmes sobre o Antigo Egito) e  "O Império da sedução" - Juliet London, ambientado no ano 202 Depois de Cristo, fala sobre a dominação do Império Romano sobre outros povos.


Livros sobre a antiguidade

                                                

Bretanha, 67 d.C.

O coração indomável pulsava no peito de Alena, filha de uma rainha e mãe deum rei. Como princesa celta, jamais se curvaria às ordens dos invasores. Mas não podia imaginar que a mão de ferro do Império Romano penetraria em sua alma com a força arrasadora da paixão!

Marcus Valerius, comandante da Sétima Legião, era a personificação da glória de Roma. Chegara à Bretanha para massacrar os rebeldes. Só não esperava defrontar-se com uma bela e ardilosa deusa celta, com longos cabelos dourados e veneno nos lábios carnudos!






Egito Antigo, a.C.

A Dama Farah

Ágil como um felino, Farah era um dos mistérios mais intrigantes do Egito. E Philip sabia que tinha de possuí-la, apesar de ter herdado a condição de sacerdotisa absolutamente intocável.

Capitão Philip Tauron

O guerreiro ignorante não conhecia nada do mundo de Farah, mas ele era magnífico, apesar de sua arrogância, e provocava-lhe um desejo que ela não podia negar...



Grécia Antiga

A paixão por um inimigo inflamou sua alma guerreira.

Como uma ninfa, ela surgiu do mar, coberta apenas pela espuma das ondas e por seus cabelos negros. Era Fedra, filha de Esparta, mulher capaz de atrair um homem para águas profundas. Onde Alexandre, glorioso guerreiro de Atenas, poderia se afogar. Porque ela era maravilhosa e sua inimiga!

Aprisionada por Alexandre como troféu de guerra, Fedra não se submeteu a ele, pois isto seria trair tudo que ela era. Mas negar seu amor também seria trair tudo que desejava ser!



Espetacular autora romântica, num livro que nos traz de volta o fascínio das guerras entre os povos celtas e os romanos.

Movido por uma fúria mais forte do que a paixão, Cedric encostou o punhal no peito de Lívia, pronto a liquidar a mulher que lhe invadia os sonhos e lhe excitava os sentidos.

Não, não podia matá-la.

Lívia agora pertencia a seu povo, um penhor de guerra que cada homem de sua tribo iria querer para si.



Vivendo como uma dama refinada, Dania Rhiannon mantém sua origem em segredo.

Enquanto isso, durante o dia os soldados romanos ocupam as ruas de Coria, no extremo norte do Império Romano. Mas à noite, os oficiais mais influente se deixam atrair para a Casa das Mulheres.

Marcada pelo passado, Dania jamais se sentiu tentada a partilhar de prazeres íntimos. Porém, sua vida tomou outro rumo ao encontrar Fabian Cornelius Peregrinus, um guerreiro capaz de seduzi-la.

No entanto, estará Fabian realmente atraído por ela? Ou será que ele suspeita do que há por traz de sua reputação inabalada?


Desde muito pequena, Elara sente o peso de ser diferente. Para pessoas com o seu dom, apenas dois caminhos são possíveis: a morte ou a exploração. Vivendo no grandioso Egito do antigos faraós, ela teve sua vida destruída injustamente. No entanto, a busca pela sobrevivência a torna mais intuitiva e forte e a coloca no caminho de Sayid, um filho da orgulhosa e avançada civilização de Atlântida. 
Para esse homem marcado, estar vivo significa uma busca incansável por justiça, e ele usará qualquer recurso para atingir seu objetivo. Lutando contra desejos incontroláveis e trilhando caminhos impiedosos, os dois terão de aprender a conviver na busca pelos próprios anseios.

                                 Veja na Amazon 

Imperio Romano - ano 79 d.C. Roma, a capital do império mais poderoso da antiguidade guarda muitos segredos, segredos que Lívia pretendia deixar para trás ao voltar para sua cidade natal por ocasião do casamento de seu irmão.

China - ano 1.212. Meili sobreviveu a dois ataques ao seu vilarejo no Norte da China durante as invasões do lider Mongol, Gengis Khan.

Reino de Castela (atual Espanha) - ano 1.401. Luna perdeu seus pais biológicos ainda pequena tendo sido criada por um grupo de ciganos e agora, anseia por um dos festivais mais rentáveis para seu clã, em Sevilha, durante o início da reconquista católica após séculos se dominação moura sobre a região

Brasil - século 21. Bárbara é uma jovem de família humilde e moradora da periferia de São Paulo que busca seu lugar ao sol.

Quatro vidas, a mesma essência e uma nova chance de reparar os erros do passado que a trouxeram até ali. Deixe-se envolver em uma história de acertos e erros, de escolhas e consequências, de luz e de sombras.

 Veja na Amazon 


Um pássaro aprisionado, era assim que Lívia se sentia. A jovem, filha de uma rica família romana, voltava pela primeira vez à colorida Pompeia, cidade turística, aos pés do monte Vesúvio. Trazia na bagagem não só as saudades do pai e do irmão, mas também um apelo desesperado de se encaixar nos moldes esperados para alguém de sua posição social. Mal sabia, porém, o que o destino lhe reservava: na vila da família, novos sentimentos surgirão, alimentados pela figura misteriosa de um escravo.
Uma senhora e seu escravo, alianças políticas e um vulcão prestes a explodir. Nada será como antes.

Veja na Amazon 

 



 

21 de mai. de 2021

Resenha: A aposta de um cavalheiro - Stefany Nunes

 

Autora: Stefany Nunes

Páginas: 180
Ano: 2021
Editora: Editora Flyve
Gênero: Romance de época
Nota: 5
No K. Unlimited: Pegue o seu👈
Livro físico Aqui
Sinopse
Lorde Winston Maxwell deixou Londres há dois anos, fugindo da vergonha de uma traição que sofreu. Desiludido e com o coração partido, ele decide renunciar ao amor e tudo que ele possa proporcionar. Agora, o recém titulado Conde de Suffolk precisa retornar à cidade e aos eventos sociais para arcar com as responsabilidades do título. Ele achava que todos já haviam esquecido as fofocas envolvendo seu nome, mas não é necessário mais do que um mísero baile para descobrir que não.
Após uma noite de bebedeira e provocações envolvendo sua honra, ele faz uma aposta que comprovaria a todos que ele ainda era o homem de antes. Os termos são claros: conquistar e descartar, sem nenhum remorso, Lady Amelia Berrycloth, uma senhorita nada convencional, que já aceitou seu status de solteirona, mas que surpreende o conde a cada nova conversa. Porém, ao ficar sóbrio, Winston percebe que jamais conseguiria magoar a dama em questão. E por isso resolve, novamente, deixar a cidade.
O destino vai contra suas intenções, não somente o impedindo de ir embora como também o aproximando de Amelia, das formas mais improváveis possíveis. Tudo o que ele quer é evitar problemas, partir e esquecer a consequência de suas ações. Mas uma vez que o amor volte a bater em sua porta, conseguirá ele resistir?



“A aposta de um cavalheiro”  veio em um momento super oportuno, em que eu precisava que um romance fofinho e com um clichê bem construído,  abasteceu meu coração com uma dose de amor e alegria que eu estava precisando.

Tudo começou com uma aposta!

Lorde Winston tinha sofrido uma desilusão amorosa com a mulher que amava e o melhor amigo (flagrou  eles com a mão naquilo e aquilo na mão kkk). Decidiu partir de Londres para esfriar a cabeça e afastar um pouco do escândalo, dois anos depois quando retorna, a sociedade ainda falava o mesmo assunto.

Lorde Basil, seu desafeto, não perde a oportunidade para ofender colocando em dúvida sua honra como homem. Winston até levava numa boa os cochichos e falatórios da alta sociedade, mas daí que colocassem sua masculinidade em dúvida era demais. Já cansado e meio ébrio ele acaba reagindo às provocações de Basil e aceitando cumprir um desafio: seduzir uma mulher e depois descartá-la.

Aposta feita, em seguida ele escuta o nome daquela que seria seu alvo: Lady Amelia Berrycloth. A única pessoa que tinha sido gentil e compreensiva com ele em seu retorno à Londres, bem-educada, caridosa e sensata. Winston não tem desejo de cumprir o desafio depois que soube que era Amelia o alvo, mas o destino acaba aproximando os dois.

Conhecê-la melhor despertou a curiosidade pela mulher incrível que era,  ele passou a querer estar nos mesmos lugares que ela, frequentar os bailes só para vê-la, e bater papo. Podemos dizer que ela também tem uma quedinha por Winston e o fato de ele ainda estar frágil por conta do amor perdido lhe desperta seu instinto de proteção.

É tão bonitinho acompanhar o amor nascer entre o casal, que além da atração física também tem uma química emocional e intelectual que os envolve e os tornam perfeitos um para o outro.

A escrita é deliciosamente fluida, a autora soube trabalhar muito bem com o clichê da “aposta/desafio”, trazendo originalidade para a trama. Eu amei cada momento que passei degustando essa história, super indico para  os apreciadores de romances de época leves, com uma pitada de sensualidade e bom humor.


5 motivos para ler A aposta de um Cavalheiro 

Vocês precisam anotar a dica dessa fofura de romance, é daqueles que vale a pena ter no kindle para quando quiser um romance fofo e apaixonante 

1 Clichê bem construído: Quem não ama um romance clichê não sabe o que está perdendo. Eu particularmente adoro esse clichê do mocinho que 'pisa na bola' e depois que passa a conhecer a mocinha enxerga a burrada que fez e tenta consertar. Foi isso que aconteceu com Winston ao aceitar o desafio de corromper uma dama para provar sua masculinidade, parece algo horrível da parte dele, e de fato é, mas quem nunca cometeu uma burrada? Ele também não está em um bom momento e desiste da burrada quando fica sóbrio e descobre que Amélia é o alvo dele, a única mulher que sempre foi justa e condescendente com ele. O ponto em que eu quero chegar é que quando um clichê é bem construídos, como esse, não é totalmente previsível a gente se encanta, ri e suspira feito boba. 

2 Romance fofinho: Winston e Amelia tem uma cumplicidade e amizade tão linda, muito além do desejo mútuo. O que nem sempre acontece nos livros de romance, que muitas vezes a relação do casal é baseada apenas no desejo e as outras coisas acontecem a partir disso. Aqui o casal muito antes da paixão desenvolvem uma bonita amizade, se respeita e se admira.

 3 Personagens apaixonantes: Winston é um perfeito cavalheiro e muito sensível, não tem nada dos mocinhos arrogantes característicos desse gênero e eu adorei isso. Os ideais e modo de pensar da Amelia vai muito de encontro com o tipo de mocinha que eu gosto de encontrar nos romances de época: sensata, justa, companheira e com pensamentos a frente da sua época. 

4 Sensualidade leve: tem aquele nível de sensualidade muito apreciado e necessário para os romances de época, mas a trama não foca ou gira em torno disso, todas as cenas são muito bem construída e contextualizadas (baixaria de qualidade kkk). 

5 O livro perfeito para relaxar e esquecer os problemas: perfeito para aqueles momentos que estamos só o pó, estressadas e precisando sorrir e suspira um pouquinho. Digo porque estava passando por isso e pude comprovar os efeitos kkk.

29 de abr. de 2021

Resenha: Além dos sentidos - Ana Carolina Kerlaquian


Autora: Ana Carolina Kerlaquian
Páginas: 184
Ano: 2020
Editora: Independente na Amazon
Gênero: Romance de época
Nota: 4
No K. Unlimited:https://amzn.to/3nzcyij
Sinopse

Nina Travis vive com o pai em Cape Cod, um lugar tranquilo e nostálgico. Sonhos estranhos a acometem, pesadelos reais que lhe são incompreensíveis e doloridos. Ela nasceu com um dom precógnito, vindo através de gerações, mas para ela, seu poder de enxergar o futuro das pessoas é um carma ruim em sua vida, uma maldição que não escolhera ter. Enquanto ela luta contra seus demônios, tenta lidar com as coisas estranhas e sobrenaturais que a rodeiam. E, no momento em que conhece Liam Carter – um lindo rapaz vindo de outra cidade –, as peças do quebra-cabeça começam a se encaixar.

Você acredita em vidas passadas?

Existem coisas que acontecem conosco ao longo da vida que não conseguimos entender e explicar, pessoas que acabamos de conhecer e que temos uma conexão tão grande que é como se conhecêssemos da vida toda, o mesmo ocorre com alguns lugares que visitamos pela primeira vez. E os sonhos? Quem nunca sonhou com situações tão reais, rostos de pessoas que nunca viu?

Isso estava acontecendo com a personagem dessa história, Nina Travis, que desde a infância tem sonhos recorrentes e muito reais na pele de uma garota (Mary) que viveu em 1665, que por se permitir viver um amor proibido e por ser diferente das outras pessoas acabou sofrendo um destino muito cruel.

 Tudo se ligava de uma maneira tão profunda... A fantasia e a realidade, a dor e o amor proibido. Em meus sonhos, eu enxergo pelos olhos de Mary, sinto a sua agonia, a sua ânsia pela liberdade.

Nina também é considerada uma garota estranha, não somente por esses sonhos, mas por ter um dom que, ao mesmo tempo, é uma maldição para ela, ao tocar nas pessoas consegue enxergar seu futuro, isso sempre lhe trouxe muitos transtornos e fazia com que as pessoas a rotulassem de bruxa e a olhasse torto.

As histórias de Mary e Nina se entrelaçam, tinham o mesmo dom incompreendido e criticado, porém Mary teve o azar de nascer em 1665, em Salém, onde o simples fato de uma mulher saber ler, escrever e ter ideias próprias já era considerado algo anti-natural e herético, e quando essa mulher além de tudo isso tinha um dom especial e também ousou se apaixonar por um cara da igreja, isso significava bruxaria! Fogueira na certa!

Nina é ainda uma jovem adulta pensando em ir para a faculdade, filha de pescador que leva uma vida quase solitária devido às complicações que seu som impõe, tem apenas uma única amiga, Laura, que vale por 100, super companheira e compreensiva.

Meus colegas de sala começaram a ter medo de mim e... Eu comecei a me esconder do mundo. Tive que aprender a ser discreta, a engolir tudo que pressentia. Parte de mim ficava presa aos sonhos, tentando decifrar o jogo complexo do protagonista da minha vida: meu cérebro. 

Enquanto está vivendo um caos mental com esses sonhos e começando a descobrir o porquê de tê-los, o destino coloca em sua frente Liam Carter, um homem charmoso com quem ela tem uma conexão imediata e que, ao mesmo tempo em que bagunça ainda mais sua vida, vai de certa forma ajudá-la a compreender melhor esses sonhos.

A parte romântica aqui nessa história é trabalhada de uma maneira leve e pura, foge um pouco dos romances muito sensuais que costumo ler, mas ao mesmo tempo é possível perceber a química não só física, mas também espiritual entre o casal. Desfrutei muito essa leitura.

Esse romance é incrível, não somente pela temática abordada, mas também pelo pano de fundo histórico e as emoções que nos proporciona. A escrita é muito envolvente, gosto muito do estilo requintado de escrever da Ana Carolina, que nos conecta com as personagens e com a ambientação de tal forma que é como eu tivesse assistindo a um filme, consigo visualizar com riqueza de detalhes tudo que é descrito,  sinto como se estivesse dentro da história e na pele da personagem e para mim isso é algo que prezo muito em uma leitura: mergulhar na história e poder viver na pele dos personagens várias aventuras e experimentar coisas diferentes.

Além disso, preciso dizer que esse livro me tirou de uma ressaca literária e existencial bem brava, uma das mais severas que vivi. Digamos que me devolveu não somente o gosto pela leitura, mas também a minha inspiração de escrever sobre o que leio, vou falar melhor disso em um próximo post.

Quando alguém experimenta viver em outros corpos e em outras épocas, ou quando assiste a suas muitas mortes e renascimentos, o que se fixa em sua percepção de vida é a compreensão sólida e convicta de que somos almas eternas e não corpos individuais. Somos imortais. Nunca morremos. De fato, apenas nos movemos para outros níveis de consciência. E, já que nossos entes amados também são imortais, nunca nos separamos deles, na verdade. Essa constatação sobre nossa essência espiritual tem um extraordinário poder de cura. 

— Brian Weiss 


27 de fev. de 2021

Resenha: o calor dos teus beijos - Elissande Tenebrarh

Autora:Elissande Tenebrarh

Páginas: 219
Ano: 2020
Editora: Independente na Amazon
Gênero: Romance de época
Nota: 4
No K. Unlimited:https://amzn.to/309I4st
Sinopse

Na aparência Simon, o conde de Wessex, não passa de um libertino inveterado. Interiormente, porém, está imerso em uma angústia profunda, incapaz de enxergar algo, ou alguém, além da própria dor e do rancor que nutre pelo seu maior inimigo. Assim, é surpreendente quando, em um baile da alta sociedade, uma linda jovem desperta de forma irrevogável sua atenção e abala seu mundo perfeitamente vazio. Logo ele descobre que a vingança tem cabelos loiros e lábios rosados, e isso apenas acrescenta uma dose de obstinação no objetivo de possuir a bela noiva do inimigo. Tessa é uma jovem à frente de seu tempo e, como tal, sabe bem o que quer. E o que ela quer, com toda certeza, é se casar com o noivo, o médico que ela jura de pés juntos amar. Mas a jovem filha do livreiro não contava com um plano de vingança no caminho e nem com os beijos ardentes de um conde devasso. Drama, vingança e paixões vão fazer você se apaixonar por este romance.